Vazamento de laje – Como combater o problema com eficiência

Nenhum comentário
Vazamento de laje - Como combater o problema com eficiência

Um dos problemas que podem acontecer em qualquer residência é o vazamento de laje: começa como uma umidade simples e com o tempo, vai aumentando, deixando o teto manchado e começam a criar fissuras, trincas e aparecer goteiras.
O Vazamento de laje é um dos grandes problemas em residências e precisa de cuidados especiais, já que pode evoluir para situações graves como queda da estrutura e oferecer riscos. Para saber mais, veja como combater problemas com vazamentos em laje.

Lajes

A laje é um elemento estrutural sustentada por vigas, que serve tanto para servir de piso, como teto para uma edificação. A Laje geralmente é feita de alvenaria, mas em muitos lugares do Brasil e do mundo, as mais usadas são feitas de madeira.

A Laje de alvenaria, é construída por blocos específicos e sustentada por vigas e colunas de concreto, garantindo a segurança da construção. A laje precisa ter alguns cuidados na construção e depois dela, mas evitar rachaduras e danificações ao longo do tempo.

Por exemplo, Laje que serve como patamar superior de um sobrado por exemplo, deve ter revestimento de piso ou assoalho para garantir sua qualidade por mais tempo. Na área do banheiro, esse cuidado deve ser ainda maior.

Já em laje superior que servirá para o telhado, deve haver a cobertura por telhas para evitar infiltrações por conta das chuvas. Sem qualquer cuidado, a laje pode durar por um tempo, mas logo apresentará problema.

Vazamento de laje

A laje começa a dar os primeiros sinais de problemas, quando começa a apresentar rachaduras, por onde a água pode passar e causar infiltrações no ambiente inferior. Um dos motivos é a chuva e se a laje não possui telhado, as chances se tornam maiores de complicações. O primeiro sinal de problema são as goteiras que aparecem sempre durante e depois de uma chuva mais intensa.

Além do telhado, é preciso analisar o caimento da laje. O correto é que ela possua uma pequena inclinação para o lado dos ralos, para que nos dias chuvosos, haja um escoamento natural. Caso não tenha esse caimento, poderá haver formações de áreas com poças, que com o tempo infiltram na laje, causam umidade e deterioram a estrutura.

Lajes devem ter ralos divididos em sua extensão para o escoamento da água, independente de ter ou não telhado. A cobertura é fundamental para evitar que apareçam vazamentos.

Outro ponto importante é que se existe infiltrações mesmo com telhado, é possível que uma telha esteja quebrada, necessitando de troca e conserto do local da laje que está a rachadura. O ideal é não deixar chegar a esse ponto, pois a estrutura pode ter complicações sérias, como por exemplo, queda e ser fatal.

Solução de combate a vazamentos em laje

Uma forma de acabar de vez com os vazamentos de laje é fazer a impermeabilização. Impermeabilizar é usar produto de proteção que repele a água e não deixa que ela infiltre na estrutura.

Existem no mercado inúmeros tipos de impermeabilizantes, mas é preciso saber exatamente qual o melhor e o indicado para uso em sua casa. Existem dois tipos de impermeabilizantes, os rígidos e os flexíveis.

Os impermeabilizantes rígidos são produtos químicos que podem ser adicionados ao concreto e serve para impermeabilizar áreas que não tem grande movimentação da estrutura, como por exemplo, base de colunas no solo.

Já os impermeabilizantes flexíveis são aqueles que utilizam mantas ou mistura de fibra flexível. Geralmente são feitos de poliéster e quando secos, se transformam em uma película resistente e protetora.

É preciso saber escolher bem o tipo de impermeabilizante, pois um produto ineficaz poderá trazer mais problemas, não protegendo o necessário e se tornando uma dor de cabeça a mais. Eis a seguir alguns do impermeabilizantes mais comuns:

Argamassa polimérica – A Argamassa Polimérica é feita de cimentos especiais e impermeabilizantes. Usado em locais como muros de arrimo, subsolos e até em paredes internas e externas, pode ser usado também em contrapiso, dando uma proteção extra. É dentre todos os impermeabilizantes, o mais versátil;

Emulsão acrílica – Aplicado com rolo de pintura, a Emulsão Acrílica é um composto termoplástico e sendo aplicada a cada demão, um material de poliéster para dar estrutura. É indicado para locais que não haja muito tráfego e boa opção para reformas;

Aditivo hidrófugos e cristalizantes – Esse tipo de produto é indicado para ser adicionado a argamassa. É um produto muito usado por ter baixo custo e de fácil aplicação, porém é necessário ser adicionado na hora do uso na argamassa para ser eficiente. É considerado um impermeabilizante rígido é ótimo para o momento do reboco de paredes próximas ao solo e muros;

Manta Asfáltica – A mais conhecida e com melhor custo benefício, a Manta Asfáltica é indicada amplamente para ser utilizada em lajes e encontrado pronto, pré fabricado. A aplicação é feita com maçarico que com o calor, derrete a manta e cola na laje, dando a proteção. O problema é que este produto tem baixa resistência e necessita de reparos ou contrapiso para garantir a qualidade.

Silicone – O silicone é um produto é um composto de silicone nobre e perfeito para áreas de baixa manutenção. Considerado rígido, é eficaz, porém o custo ainda é alta em relação a outros tipos de impermeabilizantes;

Além desses, ainda existem outros tipos de impermeabilizantes como a Poliureia, produto de alta complexidade e perfeita proteção impermeabilizante, que deve ser aplicada por profissionais, tamanha sua dificuldade de aplicação.

A Resina Epoxi é outro impermeabilizante comum e versátil, sendo usado de diferentes maneiras, inclusive em lajes. Tem boa resistência, mas deve ser aplicada por profissionais e não pode ficar exposta ao sol.

Instituto do Vazamento

Vazamentos de laje podem ser resolvidos com uma boa reforma através do uso de impermeabilizantes de qualidade. O Instituto do Vazamento de laje incentiva o uso de produtos que não agridam a água nem o meio ambiente como um todo, além de formar os melhores profissionais em Caça Vazamentos, para resolver inúmeros tipos de vazamentos. Acesse agora e conheça o Instituto do Vazamento.

Post anterior
Como evitar vazamentos e infiltrações desde o início da obra
Próximo post
O que é a profissão de Caça Vazamentos e como se qualificar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu